bruxismo

Bruxismo

Apesar do nome esquisitinho, o bruxismo não tem nada a ver com a bruxaria, feitiçaria ou qualquer ritual sinistro. Na verdade, trata-se de um problema resultante do ranger dos dentes ao dormir, condição que pode causar diversos problemas à saúde — e não apenas à dentária!

A seguir você pode conferir 5 indícios que podem te ajudar a identificar o bruxismo e, caso você apresente algum — ou mais de um —, não se preocupe, pois é possível tratar e se livrar desse problema!

1 – Avisos de pessoas que moram ou dormem com você.

Lembra quando seu cônjuge, namorado, pai ou irmão te disse que você fazia barulho ao dormir, mas você achou que era zoeira? Então! Pode ser que eles tivessem razão. Um dos sintomas mais evidentes do bruxismo é o barulho bem alto de ranger de dentes ao dormir.

Porém, a não ser que a pessoa seja avisada por alguém, ela dificilmente saberá que faz isso quando embalou no sono. Por isso, se alguém já te alertou de que você range os dentes enquanto dorme, passe a considerar essa hipótese.

2 – Dor nos músculos próximos à mandíbula

Às vezes, quando nós comemos alguma coisa muito dura ou repetimos por muitas vezes o ato da mastigação, a mandíbula fica cansada. E, se insistirmos, logo ela pode ficar dolorida e passar a incomodar bastante.Se isso acontecer enquanto você estiver se alimentando, então não é nada de muito anormal. Entretanto, se você acordar assim — e tiver certeza de que não é um sonâmbulo que ataca a geladeira à noite —, então pode ser bruxismo. Além disso, vale lembrar que força que você faz com as mandíbulas também as deixa cansadas e doloridas, e pode ser que você sinta isso ao acordar.

3 – Dor de cabeça

Muitas vezes, a sensação de cansaço e a dor na mandíbula ao acordar vêm acompanhadas de dor de cabeça — e esse é outro sintoma associado ao bruxismo. Pode ser ainda que a pessoa que sofre dessa condição sinta dores no pescoço em alguns casos, especialmente em períodos de crises mais intensas, e a culpa pode não ser do travesseiro ou de uma noite mal dormida.

4 – Danos aos Dentes

Como a fricção entre os dentes pode ser bem forte, são grandes as chances de que eles sejam danificados de várias formas. Você pode perceber, por exemplo, que o esmalte está mais desgastado nas áreas em que eles se encontram ou, ainda, que um dente está doendo de uma maneira um pouco estranha.

Algumas pessoas fazem tanta força ao ranger os dentes que eles podem inclusive ficar moles ou sofrer fraturas, o que é prejudicial à saúde bucal. Todos esses são sinais que podem indicar a presença do bruxismo.

5 – Estresse

Aqui, na verdade, a relação “causa e efeito” é contrária: não é porque nós temos bruxismo que estamos estressados, e sim vice-versa — pelo menos na maior parte das vezes. O bruxismo seria uma forma com a qual algumas pessoas lidam com o estresse e o nervosismo.

Afinal, você já percebeu que, quando estamos nervosos, bravos ou com raiva, é comum cerrarmos as mandíbulas, quase que em um efeito imediato? Então, se você está passando por momentos complicados com a família, no trabalho ou é uma pessoa geralmente mais nervosa, então pode ser que isso se manifeste através do bruxismo.

Como resolver o problema?
Seja qual for o sintoma — ou se for mais de um deles —, o primeiro cuidado é sempre o mesmo: procure um dentista imediatamente. Através de uma análise visual e de algumas perguntas feitas a você, o profissional poderá avaliar se o que você apresenta pode ser o bruxismo ou não. Depois, podem ser feitos exames mais detalhados, para assegurar o diagnóstico.

Ao analisar o caso, o dentista poderá recomendar os melhores tratamentos para você. Pode ser, por exemplo, que os seus dentes sejam desalinhados, e um deles encosta mais do que deveria em outro e, enquanto você dorme, e eles ficam rangendo, o que pode ser resolvido com aparelhos ortodônticos.

Também pode ser indicado um aparelho especial para evitar que você ranja os dentes durante o sono. Esse dispositivo, usado nos dentes de cima, evita que eles entrem em contato com os de baixo, protegendo a sua arcada dentária.

Pode até ser que o dentista, caso perceba que você esteja muito tenso e nervoso, recomende sessões de terapia e a realização de outras atividades relaxantes e tranquilizadoras, desde uma massagem até o yoga, por exemplo.

Viu como você não precisa ficar nervoso? Muito pelo contrário! Seja através de produtos odontológicos específicos ou tratamentos terapêuticos, basta seguir o que o dentista lhe disser e não deixar de passar por consultas periódicas para que você possa se livrar do bruxismo de uma vez por todas!

 

CONFIRA O INFOGRÁFICO!

Fonte: Megacurioso

Leia também

8 segredos para manter os dentes bonitos e saudáveis

 

Siga-nos também no Facebook